Centro Cultural Waly Salomão

CompartilharTweet about this on TwitterShare on Google+Share on Facebook

O primeiro núcleo do AfroReggae

Foi em Vigário Geral, em 1994, que nosso trabalho nas favelas do Rio de Janeiro teve início. Com as primeiras oficinas de reciclagem de lixo, percussão e de dança afro, plantamos uma semente para abrir caminho e transformar vidas através da arte, cultura e educação. Três anos depois,  inauguramos o Centro Cultural Afro Reggae Vigário Legal para ampliar as atividades.

Em 2010, inauguramos o Centro Cultural Waly Salomão. Projetado pelo arquiteto Luiz Stein, o prédio de quatro andares está localizado no coração de Vigário Geral e tem uma estrutura robusta: dois estúdios musicais, salas de dança e ensaio. Além disso, oferece aulas gratuitas de dança, música e teatro.

 

Faça sua inscrição nas oficinas

 

O homem que dá o nome

Waly Salomão, nascido em 3 de setembro de 1943, em Jequié-BA, foi um poeta, secretário nacional do livro e leitura e autor de sucessos gravados por Caetano Veloso, Gilberto Gil e muitos outros. Para o AfroReggae ele significou muito mais que isso. Waly foi mestre, guru e amigo de José Junior, Coordenador Executivo do AfroReggae e uma excelente influência para o nosso projeto.

Sempre alegre e de uma gargalhada marcante, foi Waly quem apresentou o AfroReggae a Caetano Veloso e Regina Casé, que se tornaram padrinhos da banda AR21. Um amante das favelas, ele ensinou como quebrar paradigmas e preconceitos e dizia que o AfroReggae era um cardume, do qual fazia parte.

Waly faleceu no dia 5 de maio de 2003, no Rio de Janeiro. Marcado por seu comportamento imprevisível e positivo, foi enterrado ao som dos tambores da percussão e foi eternizado dando nome ao nosso centro cultural.

Telefone: +55 (21) 3448 – 4158

Endereço: Rua Santo Antônio, nº 11 – Vigário Geral – Rio de Janeiro – RJ – Brasil – CEP: 21010-400.