A memória de uma foto eterna

  • Eduardo Borzino
  • 27 de julho, 2015
CompartilharTweet about this on TwitterShare on Google+Share on Facebook

Em 2009, Diego Frazão, emocionou a todos tocando violino no enterro de Evandro João, coordenador de projetos sociais do AfroReggae que perdeu a vida em um assalto no Centro do Rio de Janeiro. O menino, integrante da Orquestra AfroReggae, chorava a morte de seu amigo e tutor e o fotógrafo Marcos Tristão capturou toda a emoção do momento.

Meses depois o menino faleceu vítima de leucemia, mas a foto não deixou a história cair no esquecimento. A imagem marcou os 90 anos do “O Globo” e foi definida como uma das mais marcantes do jornal. Na última sexta-feira (24), o “Globo Repórter” promoveu um encontro entre o fotógrafo Marcos Tristão e o pai de Diego Frazão. Veja como foi.

diego-frazao

Comentar